Igreja do Salvador de Lufrei

Transformado em igreja paroquial após a transferência das monjas beneditinas, que o ocupavam, para o convento de São Bento de Avé Maria no Porto, no século XVI, o antigo Mosteiro do Salvador de Lufrei foi provavelmente fundado no século XII. Trata-se de um testemunho do românico tardio, confirmado pela composição do portal principal, constituído por arquivolta de arco quebrado, isento de colunas, de tímpano e de qualquer elemento ornamental e pelos cachorros de desenho quadrangular e sem ornamento. No seu interior merecem destaque as pinturas afresco recentemente descobertas, aquando de obras de recuperação e restauro.