Igreja do Salvador de Real

Ampliada e remodelada no século XVIII, os elementos românicos remanescentes nesta Igreja apontam uma cronologia bem tardia para a sua edificação, que terá ocorrido provavelmente entre os séculos XIII e XIV. Da construção medieval conservou-se o portal principal primitivo, composto por duas arquivoltas ligeiramente quebradas e sustentadas por colunas dotadas de capitéis, cuja escultura está bem presa ao cesto. Desta época, conserva-se também um arcossólio, do lado exterior da parede sul.